Eu sou um ser humano diurno. Gosto de acordar cedo, gosto de fazer render a manhã, gosto de sol e de balada que começa depois do expediente e acaba antes do dia seguinte chegar.

A despeito disso: sempre me apaixono pelos notívagos. Sou filha e irmã de notívagos. Sou errada na família, durmo antes de todo mundo e acordo quando eles tão no auge do sono. Invejo os notívagos porque eles podem contar estrelas como quem conta saudades, porque eles têm o silêncio do sono alheio para deixar a música, os filmes e os pensamentos mais indecentes dançarem em si.

Essas criaturas da noite que tem a pele quente e não precisam do sol como eu, que quase sempre tô morrendo de frio.

Eles que podem esperar o sol nascer para dormir, enquanto esse nascer é o meu despertar. Acho que todo notívago tem um charme esquisito no modo de levar a vida? Um quê de vampiresco. E eu, que tenho vocação para Mina, entrego meu pescoço rapidinho e dou a eles minhas noites, enquanto morro de sono o resto do dia, sonhando acordada.

image

 

Anúncios