Uncategorized

Diário da saudade, dia 2: o cabelo.

Eu sempre gostei de cabelo comprido e me sentia até meio mal porque fazia parte da comunidade “caras que parecem Jesus”, no Orkut. Será que é pecado? Eu pensava. Ainda não tinha adquirido total consciência do padrão europeu a que Jesus tinha sido exposto. Padrão europeu a gente pode desejar sexualmente, na realidade, é o que se espera de nós. Eu reli aquelas mensagens hoje não foi à toa. Tenho pensado muito sobre relacionamentos tóxicos e saúde mental e fiquei com uma ilusão meio romantizada de que eu nunca – nunca – menti ou joguei com você. Quis confirmar. É verdade. Eu achei bonito, nada vergonhoso, rever o começo do que nunca começou. Acho tudo que envolve essa quase história de uma beleza bem particular, aliás.

Mas vamos ao cabelo. Naquela época, já era grande, mas não tanto. Eu me sentia mais à vontade pra mexer nele quando a gente se pegava, tinha medo daquele cafuné carinhoso e sexualmente despretensioso ser muito mais amor do que eu deveria oferecer naquele momento. Uma idiota, eu. Perdi muita felicidade que eu só poderia ter encontrado desembaraçando alguns fios seus com os meus dedos e roçando de leve a unha do seu couro cabeludo, brincando de coçar o que não coça.

Gosto especialmente quando você deita na minha barriga e eles me cobrem, quase me vestindo. Cabelos também abraçam, você não sabia? Os seus abraçam meu corpo todo e a minha cara, virando quase casulo e, quando a gente se beija, às vezes eu preciso afastar uns fios da boca, sem saber se são meus ou se sãos seus.

Ainda não sei, mas desconfio que acabam mesmo sendo nossos.

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s