Pensamento Desvairado, Poeminto

poema suado

ontem, deitada na minha cama, que era sua eu entendi: que de nada mais me valem as palavras,
meu poema mais bonito há muito eu já havia escrito.

escrito de suor, nas linhas da sua mão…tortas, pra combinar com a história que eu contei…

de um amor sem rumo; e de uma poeta sem rima.

Anúncios
Standard